Arvy Anota Dois, Saros 32 Defesas No Shutout em Vitória Back-To-Back

Back-to-back wins. Foi uma grande virada para a torcida dos Predators, já havíamos vencido os atuais campeões da Stanley Cup em Washington, voltamos para e vencemos mais um jogo, na volta à Nashville, Arvidsson anota duas vezes e o primeiro gol de Grimaldi em Smashville ajudam os Preds a vencer a segunda seguida. Saros foi maravilhoso com 32 defesas uma melhor que a outra e contando com a sorte com quatro pucks na trave para sair com o shutout. Mais uma grande atuação defensiva e da quarta linha e continuamos consistentes nesse aspecto. Partimos agora para uma road trip de 6 jogos com 2 back-to-back entre eles.

Arvy anota duas vezes em vitória por Shutout (Foto: John Russel/via Getty Images)

Philadelphia Flyers 0 - 4 Nashville Predators (01/01)


Gols:🚨 Smith (11) ➡️ Fiala (15)

🚨 Arvidsson (10) ➡️ Johansen (28) Hartman (5)

🚨 Arvidsson (11) ➡️ Ellis (14)

🚨 Grimaldi (3) ➡️ Rinaldo (2)


Muita batalha e muita disputa marcam o início do jogo e com 3 minutos jogados a melhor chance foi um tiro dos Flyers que passou à direita de Juuse Saros. Jogo seguiu assim com alguns momentos lá e cá mas com inúmeros turnovers de ambos lados na zona ofensiva e até a metade do período, chegamos apenas uma vez ao gol de Neuvirth. As duas defesas estavam bem, quebrando as linhas, mas os Flyers eram mais perigosos na zona ofensiva. Assim passamos o primeiro período, zero penalidades, zero gols, muita batalha e Saros fazendo as defesas mais difíceis, encerrando com 13-6 Flyers shoots.


O período começou mais enérgico e os Flyers acertam a trave de Saros, respondemos com ações na zona ofensiva até que Kevin Fiala faz uma grande transição e com paciência encontra Craig Smith livre na slot para anotar o primeiro gol do jogo. Philadelphia tentam a resposta rapidamente mas Saros faz uma defesa espetacular no rebote o puck para na trave novamente e Subban chamado por interferência. No power play os visitantes acertam a trave mais uma vez e Saros salva na volta, esses foram os sustos e voltamos ao full strenght. Demos uma pressão e Neuvirth fez boas defesas pouco antes de irmos para primeira parada do período. Na volta continuamos o ímpeto e Arvidsson acerta a trave de Neuvirth. Grande jogada ofensiva, agressivos até Hartman e Joey trabalharem para Arvy ampliar o marcador, num belo gol e a multidão na arena soando "Arvy, Arvy, Arvy...". Fiala chamado por tripping e dessa vez era vez de Claude Giroux acertar a trave de Juice sendo a quarta vez. Um lance chama atenção quando Fiala dá um tip cortando o passe na zona neutra e ganha na velocidade de Gotisbehere e Neuvirth sai do gol evitando o pior. O lance segue, Fiala perde o domínio do puck quando o goleiro ainda estava fora e não conseguimos aproveitar. O segundo encerra com 16-12 Preds shoots.


Com vinte segundos de período Raffl é chamado por interferência, Neuvirth fez 3 defesas e todos no gelo novamente. Com pouco mais de cinco minutos, Simmonds tem uma oportunidade em breakaway que Juuse Saros negou lindamente. No lance seguinte os Flyers tentam iniciar uma transição e Ryan Ellis na zona neutra faz a interceptação e deixa Arvidsson livre na zona ofensiva para anotar o terceiro dos Preds e seu segundo gol na noite e novamente aos gritos de "Arvy, Arvy, Arvy...". Descendo da metade do período Grimaldi recupera o puck na zona defensiva passa para Rinaldo devolver para Grimaldi anotar o quarto tento. O jogo deu uma esfriada mas Neuvirth e Saros faziam defesas, ainda deu tempo de Raffl voltar para jaula, dessa vez por holding mas o jogo termina assim, com o shutout de Juuse Saros.


GAMESTATS SOG - PHI 33, NSH 30 BLKS - PHI 16, NSH 18 FOW - PHI 43, NSH 16 HITS - PHI 16, NSH 16 PP - PHI 0/2, NSH 0/2 3 STARS 🌟 Saros (32 SV SHUTOUT) ⭐⭐ Arvy (2G, 2+) ⭐⭐⭐ Smith (1G, 1 blk, 1+)


Juuse Saros: "Quando o time joga bem na sua frente, geralmente você também vai. Claro, eu tenho um pouco de sorte hoje. Algumas vezes, o disco bateu no poste."


Viktor Arvidsson: "Acho que saímos um pouco devagar no primeiro período. Eles nos superaram e nós meio que saímos de lá. No segundo, nós assumimos, eu sinto, e realmente liguei e continuei indo de lá... Sinto que hoje tenho as minhas pernas debaixo de mim um pouco melhor. Senti que o meu tempo era melhor (do que eram os dois primeiros jogos) [numa vitória por 6-3 no Washington Capitals na segunda-feira] e coisas como Isso é um pouco difícil de voltar, estar fora por seis semanas. Eu sinto que estou perto de onde eu quero estar, e eu tenho que continuar trabalhando. "


Rocco Grimaldi: "O técnico (Peter Laviolette) chegou e não ficou muito contente com o primeiro período. Nem fomos nós. Falamos sobre isso: não queremos ser uma maravilha de um só golpe, ter seis derrotas seguidas e então você ganha um jogo e acha que tudo está mudado, e então você tem um ovo assim."

"Saros nos segurou no jogo", disse Grimaldi. "Ele nos segurou, e então nossos caras começaram a jogar mais pucks na rede. Começamos a atirar para marcar, em vez de apenas tentar chegar à rede e fomos recompensados."


Peter Laviolette sobre Arvidsson: "Elas foram lesões substanciais, e com isso vem a recuperação do corpo e também o condicionamento e o "timing" do jogo. Eu pensei que ele voltou e jogou um bom primeiro jogo, e depois de lá eu acho que tem sido um acúmulo onde ele tentou melhorar. Ele está se esforçando, e você vê como ele é importante hoje à noite com sua velocidade e sua ética de trabalho e sua capacidade de marcar gols e fazer a diferença em um jogo."

"Eu geralmente sou bem honesto; eu lhe disse que as duas derrotas antes da vitória em Washington, eu odiei o resultado", disse o técnico da Preds, Peter Laviolette. "Eu não me importei com o esforço que nossos jogadores colocaram e os pucks que estávamos colocando na rede. Você está recebendo 40-50 tiros (a favor) e você está fazendo um trabalho 'OK' defensivamente e não está indo na sua direção, e às vezes isso acontece, mas se você olhar para o jogo, temos que fazer muitas coisas boas e acho que esses dois últimos jogos foram uma continuação disso e temos tido sorte de ter um par de vitórias ".


Peter Laviolette sobre Saros: "Hoje à noite, ele foi fantástico, vamos ser honestos. Recentemente, nós jogamos muitas equipes muito fortes fora da corrida. Washington, Dallas, os Rangers e eu acho que, Philadelphia, algumas vezes aqui, eles são um time de rush. Eles são capazes de atacar, eles voam, capazes de ficar atrás de você, e eles fizeram. Nós precisávamos de defesas lá e ele as fez. "


Highlights:

Partimos agora para uma road trip de 6 jogos começando na sexta-feira dia 04/01 às 22:30 (horário de verão) contra os Red Wings em Detroit e termina dia 13/01 contra os Hurricanes às 15:30 (horário de verão) na Carolina do Norte.

13 visualizações
  • Twitter ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social

Siga-nos

Torne-se um fã

© 2018 Nashville Predators Brasil