Preds Pelo Mundo - Prospectos em Dezembro


#PredsPeloMundo antes tarde do que nunca, é hora de Baby Preds. Sem mais demora, destaque para nosso garoto de ouro (literalmente), Eeli Tolvanen que ganhou a medalha com a seleção da Finlândia no último WJC, nosso menino tem crescido em pontos importantes e cruciais. Dante Fabbro continua formidável e enchendo os olhos de quem o vê. Jacob Paquette e sua evolução incessante enquanto Freddy Allard é o dono da defesa em Milwaukee. Rem Pitlick mantendo uma consistência impecável. Tudo sobre a confusa situação de Miroslav Svoboda.


DEFENSORES


DANTE FABBRO - 20 Anos, 1,83m, 86kg - (Boston University NCAA)


Nosso garoto viajou um pouco em Dezembro e partiu para Europa com a equipe Canada para a disputa da Spengler Cup, torneio anual que acontece em Davos na Suíça. Fabbro anotou 3P 2G 1A em 4 jogos, perdendo a final para a equipe do KalPa da Finlândia por 2-1 no shot out, ganhou destaque e foi nomeado para o time do torneio. Antes disso, ele deixou duas assistências em 4 jogos em Boston.

LANCE 1 e 2 - Sem palavras #8... Vitória do Canada por 6-2 contra Nürnberg Ice Tigers onde ele abriu e fechou a contagem, 28/12

LANCE 3 - Fabbro roubando o gol na final contra KalPa derrota por 2-1 SO, 31/12.


DAVID FARRANCE - 19 Anos, 1,90m, 36kg (Boston University - NCAA)


Farrance tem atuado no segundo par, acredito que para equilibrar as coisas em Boston, já que a equipe passou por grande transformação e inesperada, como a perda do técnico David Quinn para o New York Rangers, caras novas no elenco e o time passou não ter mais aquela consistência da temporada passada. Ainda assim, David Farrance, que registrou duas assistências em 4 jogos em Dezembro, e Fabbro seguram as pontas por lá.


FRÉDÉRIC ALLARD - 20 Anos, 1,85m, 81kg - (Milwaukee Admirals - AHL)


Freddy vem atuando no primeiro par ao lado de Jarred Tinordi. O mês de Dezembro em Milwaukee não foi dos melhores, o time passa por mudanças e isso afeta o hockey da equipe, e não há como culpar um só jogador se todos pecam defensivamente. Embora essa turbulência, ele registrou 2 gols em 11 jogos, ele se mantém consistente, e tem sido o nosso melhor defensor pelos lados do Wisconsin. Sim, amigos, Allard hoje sem dúvida está à frente de Alex Carrier. Antes, Carrier era cotado como certo em Nashville, eu já não tenho essa certeza, não sei se por ter parado no tempo ou se Allard que cresceu demais. Fato é que Freddy tem ganhado cada vez mais "corpo" para atuar no nível NHL e destaque na mídia. Pelo que apurei todos tem a mesma opinião.


ALEXANDRE CARRIER - 22 Anos, 1,80m, 79kg - (Milwaukee Admirals - AHL)


Quando ele foi draftado no quarto round de 2015, Alexandre Carrier rapidamente gerou interesse na comunidade Predators, e por que ele não deveria? Ele tinha acabado de sair de uma temporada de 55 pontos para o Gatineau Olympiques do QMJHL e teve suas vistas em Nashville participando de dois jogos. Mas já não é mais o mesmo nesta temporada, 11 jogos 2 gols em Dezembro, e defensivamente tem cometido falhas.


JACOB PAQUETTE - 19 Anos, 1,90m, 97kg (Niagara Ice Dogs - OHL)


Que Jacob tem sido constante destaque no nosso mensal, e dessa vez não é diferente. Ele registrou 15P em 63 jogos temporada passada, e nesta ele já registrou o mesmo número em apenas 20 jogos. Paquette obteve uma sequência de quatro jogos, sua primeira de múltiplos pontos. Ele está esquentando na hora certa, já que procura um contrato de nível de entrada de Nashville. Evidente que a mudança de time foi perfeito para ele, vejo que Paquette e Allard são os mais próximos da NHL depois de Dante Fabbro.


SPENCER STASTNEY - 18 Anos, 1,78m, 81kg - (University of Notre Dame - NCAA)


Na temporada passada, Stastney registrou 28P em 57 jogos, no entanto, ataulmente ele tem 1P em 22 jogos. Eu realmente não entendo tamanha queda de rendimento, as variações constantes na formação pode não cooperar.


FILIP PYROCHTA - 22 Anos, 1,89m, 89 kg (Milwaukee Admirals - AHL)


Filip perdeu espaço com as chegadas de Duncan Siemens (25 anos) e Vince Padrie (24 anos) entre outros. Participou apenas de 5 jogos, Karl Taylor tem variado demais o terceiro par entre Siemens, Padrie, Savage, Bergin e Pyrochta. Na minha opinião de forma equivocada, mesmo que tenhamos caído de rendimento, o foco é desenvolver os atletas e Pyrochta deveria ser presença constante.


VLADISLAV YERYOMENKO - 19 Anos, 1,83m, 85kg (Calgary Hitmen - WHL)


A mídia em Nashville ainda continua considerando que Jáchym Kondelík foi nossa melhor escolha no último draft, tudo bem, eu entendo, era um ótimo sniper disponível àquela altura, mas acredito que Vladislav Yeryomenko foi uma escolha de sucesso ainda maior. O jogador vem ganhando cada vez mais confiança após sua escolha, é o defensor com mais pontos em sua equipe. Ele tem presença tanto na zona defensiva quanto ofensiva, tem velocidade, quando parte em transição é difícil pará-lo. Muito agradável vê-lo atuando. Atuou em 4 jogos e deu duas assistência e partiu para o World Juniors Divisão IA com a seleção de Belarus e obteve 2 assistências em 5 jogos.


HARDY HÄMAN ATKELL - 20 Anos, 1,92m, 90kg (IF Björklöven - Allsvenskan)


Apesar de não participar em todos os jogos, ele agora tem 24 jogos nesta temporada, que é o máximo que ele jogou desde 2015-16 e 23 deles estiveram com Björklöven da Allsvenskan. Precisamos elogiar quando lhe é merecido, afinal com as apresentações anteriores, com muitos erros mas é claro que ele está melhorando nesta temporada como já dito aqui antes. Ele está inclusive melhorando consideravelmente seus passes e se aventurando na zona ofensiva.


WINGERS


EELI TOLVANEN - 19 Anos, 1,79m, 87kg - (Milwaukee Admirals / Finlândia U20 no WJC)

Eeli Tolvanen medalha de ouro com a Finlandia no World Juniors (Foto: twitter: @Leijonat)

Tolvanen passou pouco tempo em Milwaukee no último mês, Eeli fora chamado por Laviolette em meio às inúmeras lesões, participou de 4 jogos com um gol e uma assistência. O jogador ainda foi liberado para o World Juniors que aconteceu em Vancouver, saiu com a medalha de ouro com Finlândia. Na competição internacional, Tolvanen registrou apenas 4 assistências em 7 jogos, mas você vê que ele tem melhorado seu skating e ganhou um pouco de físico nesses últimos meses. Tolvanen não anotou um gol não por falta de tentativa, que foi um dos que mais disparou à gol em sua seleção. Ele também tem melhorado, e já era uma grande característica que é atrair a defesa adversária. Ele tem feito grandes progressos nos seus pontos fracos, talvez isso tenha ofuscado um pouco sua performance ofensiva que dispensa comentários. Mas melhorar em pontos negativos é sempre bom, não tenho dúvida que quando se sentir seguro em relação aos seus pontos fracos ele voltará com confiança como sniper fatal que é.


ANTHONY RICHARD - 22 Anos, 1,78m, 74kg (Milwaukee Admirals - AHL)


Anthony Richard completou 22 anos no último dia 22/12 e continua liderando os Admirals em pontos agora ao lado de Emil Pettersson, liderando a equipe em gols na temporada. Nós já sabemos que ele é um jogador incisivo, não se esconde, tem um tiro cruzado fatal e com toda sua velocidade, quando parte para o ataque é quase infalível. Mesmo que tenha caído um pouco seu rendimento em Novembro, mas foi onde ele mais progrediu no seu jogo defensivo. O jogador tem partido para batalhas, ganhando e roubando pucks que até terminam em gols, se posicionando bem na hora de defender. O jogador tem buscado jogo o tempo todo, iniciando jogadas inclusive da zona defensiva. Temporada tem sido pra lá de positiva para Tony, e no último mês voltou a produzir, segundo maior pontuador de Dezembro em Milwaukee com 9P 4G 5A em 10 jogos. Ele certamente fará desta sua melhor temporada como profissional. Mesmo com os Admirals em má fase, Richard e Pettersson continuam consistentes.

LANCE 1 - vemos nitidamente Ricky #90 buscando o jogo, iniciando jogadas se movimentando, assistindo muito bem seus companheiros, trabalho perfeito desde a zona defensiva.

LANCE 2 - Mais uma vez ele rouba o puck e novamente termina em gol dando o passe açucarado para Pettersson.

LANCE 3 - Ricky se movimentando muito bem na zona ofensiva.

LANCE 4 - Mostra como ele é decisivo anotando o game winning goal em mais um tiro cruzado.


YAKOV TRENIN - 21 Anos, 1,81m, 91kg (Milwaukee Admirals - AHL)


Trenin caiu muito de rendimento, vem atuando na terceira linha e algumas vezes na quarta linha em Milwaukee. Mas o momento da nossa filial não é dos bons e isso também coopera. Ao longo de 11 jogos em Dezembro, anotou apenas assistência. Perdeu um pouco do ritmo do início da temporada. Tem atualmente 9P em 34 jogos.


TYLER GAUDET - 25 Anos, 1,91m, 93kg - (Milwaukee Admirals - AHL)


Tyler Guadet é grande vencedor de faceoffs, continua assim, um dos melhores da liga. Participou de 9 jogos anotou 6P 2G 4A. Jogando nas duas unidades de Special Teams, o jogador contribui bastante durante o penalty kill com boa marcação e jogo físico, tem um shorthanded goal na temporada e durante o power play, ele anotou mais no último mês. Ainda que Karl Taylor por vezes sem escolhas, por vezes teimosia fica trocando de linhas talvez seja o resultado da recente queda de desempenho da equipe mais Gaudet continua sendo bastante regular.


MATHIEU OLIVIER - 21 Anos, 1,88m, 95kg (Milwaukee Admirals - AHL)


Mathieu perdeu espaço no mês de dezembro e participou apenas de 5 jogos obtendo uma assistência. Olivier perdeu jogos entre os dias 08/12 à 26/12. Nada foi divulgado oficialmente, parece-me apenas opção de Karl Taylor que optou entre outros. Alguns movimentos em Milwaukee cooperou para seu regresso com as chegadas de Joe Pendenza ou VanWormer por exemplo. Ainda que seja um grande vencedor de batalhas da equipe, o enforcer perdeu espaço.

NICHOLAS BAPTISTE - 23 Anos, 1,85m, 93kg - (Milwaukee Admirals - AHL)


Nick tem sido muito consistente durante toda temporada. Participou dos 11 jogos de Milwaukee em Dezembro, registrando 7P 2G 5A no percurso. No último #PredsPeloMundo, havia dito que ele não teria muitas pretensões na NHL, mas fora lembrado por Peter Laviolette durante o período turbulento de lesões em Nashville. Não chegou a jogar, mas mostra tal regularidade do quinto pontuador dos Ads.

LANCE 1 - Nick Baptiste #12, se infiltra muito bem entre quatros jogadores na slot para anotar na vitória para 5-2 contra os Griffins (11/12)

LANCE 2 - Sempre se posicionando bem, livre para um belo one-timer, na derrota para os Wolves por 3-1 (22/12)

LANCE 3 - Nick faz excelente transição e paciente para o passe preciso para o gol na derrota para os Wolves por 4-1 (26/12)


JUSTIN KIRKLAND - 22 Anos, 1,91m, 83kg - (Milwaukee Admirals - AHL)


Você deve estar se perguntando porque Kirkland agora, se não esteve nos últimos 'Preds Pelo Mundo". A escolha de terceiro round de 2014 deixa muito a desejar, apesar de uma ligeira melhora em relação à temporada passada, mas nada demais também. Acontece que ele tinha um tiro muito forte ao longo das suas temporadas pela WHL. No entanto, o jogador perdeu um pouco dessa força. Dezembro ele somou apenas dois gols em 11 jogos. Sem comentários! Mas pode ser que ele possa superar os seus números da temporada passada.

CENTRAIS


JÁCHYM KONDELÍK - 19 Anos, 2.01m, 99kg - (University of Connectcut - NCAA)


Kondelík participou de dois jogos apenas com sua universidade, já que partiu rumo à Vancouver para o WJC representando a seleção da Rep. Tcheca onde deixou 1G e 1A em cinco jogos. O jogador mesmo com a ausência ainda é um dos líderes em pontos na sua equipe na NCAA. Alguns pegam no seu pé devido aos seus dois metros de altura, outros ressaltam seu grande desempenho na temporada. Outro ponto a favor é que ele se tornou peça fundamental em ambos special teams na universidade.

GRANT MISMASH - 19 Anos,1,83m, 84kg (University of North Dakota - NCAA)


Como mencionado no último Preds Pelo Mundo, Mismash ficou de fora da seleção dos Estados Unidos que disputou, onde sempre foi presença constante, mas seu baixo rendimento, especialmente quando seu nome não era mais lembrado. Naturalmente o garoto sentiu muito e isso mexeu com ele, influenciando seu jogo que caiu consideravelmente. No mesmo texto, mencionei que ele esboçava uma melhoria, em relação ao seu desempenho. Voltou à incomodar os defensores e testar os goleiros. Antes ausente, agora o jogador está procurando o jogo o tempo todo na zona ofensiva, e seu treinador que lhe havia aconselhado, reconheceu e elogiou o garoto. Lembrando que é sempre válido ressaltar que não é um cara fácil de lidar fora do gelo. No último mês, sua equipe fez 4 jogos e ele ficou de fora em um, mas registrou um gol e continuo com seu ímpeto.

Grant Mismash #16 e seu gol solitário em Dezembro, mas não é pelo gol e sim pela vibração na comemoração. Isso só mostra que ele realmente está se esforçando e dedicando, e o mais importante, novamente com motivação em jogar hockey. Confesso que ha tempos que não o vejo vibrando tanto.


REM PITLICK - 21 Anos, 1,75m, 89kg (University of Minnesota - NCAA)


A cada jogo Rem Pitlick vem enchendo os olhos de quem o vê jogando. É incrível como ele está em uma evolução meteórica, jogadas que tiram o fôlego, participando tanto com gols como com assistências, sendo disparado o melhor jogador da equipe,e consequentemente lidera em pontos com 21P 10G 11A em 20 jogos até aqui. No mês de Dezembro participou de 5 jogos anotou 6P 2G 4A, e chegou a 8 jogos seguidos pontuando. Ele tem velocidade, perseguição ao puck, bom no forecheck sendo agressivo e atacando na hora certa, vencendo batalhas na zona ofensiva, gerando turnovers melhorando consideravelmente seu jogo defensivo. Assim como Dante Fabbro, ao fim desta temporada se encerra sua passagem acadêmica e a mídia já começa a falar sobre ele em Milwaukee na próxima temporada.

LANCE 1 - Rem Pitlick #15 numa velocidade incrível e dispara sem chances para o goleiro no empate por 2-2 contra Michigan 07/12

LANCE 2 - Toda paciência na slot encontrando o momento certo para o disparo fatal.


PATRICK HARPER - 20 Anos, 1,71m, 68kg (Boston University - NCAA)


Hoje nós sabemos o porquê de Harper ter sua carreira interrompida por um período considerável. Ao longo de todo Preds Pelo Mundo na última temporada eu geralmente me perguntava o que teria acontecido, mas nada fora divulgado à época. No início da temporada, tornou-se publico oficialmente via seu treinador, Harper teve problemas respiratórios, mas que o jogador já estava 100%. Harper sempre me chamou atenção, muito embora sua baixa estatura, mas isso não é problema algum para ele, pois compensa com um excelente stick handling, habilidade e um tiro muito forte e uma velocidade absurda. Acredito que seu jogo renderia mais jogando pela ala. Bom, o fato é que um problema respiratório, não é como uma lesão, isso é realmente grande, e mesmo com a declaração de seu treinador, não acredito que ele esteja 100%, seu rendimento não é o mesmo desde sua volta, com apenas 1G 7A em 20 jogos até aqui, antes de seu problema, ele registrara 37 pontos em 38 jogos.

EMIL PETTERSSON - 24 Anos, 1,87m, 77kg (Milwaukee Admirals - AHL)


Fico feliz ao ver Pettersson mantendo a consistência desde a última temporada, e como dito, lidera a equipe em pontos ao lado de Richard. Em relação ao mês de Novembro, em Dezembro Pettersson voltou a produzir pontos, em 11 jogos anotou 9P 2G 7A. O central atua nas duas unidades de Special Teams e tem 6 assistências em PP, e 1 shorthanded goal, tal confiança de seu treinador. Ele cria bons passes, e que passes amigos. Deixa a desejar na velocidade mas compensa com boa visão de jogo.


PAVEL KOLTYGIN - 19 Anos, 1,83m, 88kg (Drummondville Voltigeurs - QMJHL)


Koltygin disputou 10 jogos em Dezembro, em cada mensal anterior, ele registrou exatos 7P em 10 jogos a cada mês, ainda que com 2 pontos a menos, ele anotou 3G 2A, mas não é isso que tira a consistência do rapaz, pelo contrário, ele tem sido peça importante para a equipe em grande jogo coletivo. Há de convir, que, não é fácil ganhar atenção da mídia jogando ao lado de Joe Veleno (escolha de primeiro round no último Draft pelos Red Wings) e Gregor McLeod, jogador de 20 anos que não passou pelo Draft e que é maior pontuador da equipe e joga muito, confesso o prazer em vê-lo jogar, tudo bem, falta um pouco mais de gols para Pavel, porquê amigos, esse ataque de Drummondville é uma coisa de louco, são absurdos 217 gols em 42 jogos, a discrepância para o segundo é absurda também quando este tem 189 gols, entretanto, acredito que seus números são ótimos para um two way forward, além de peça importante na unidade de power play.

LANCE 1 - Note que Pavel Koltygin #27 adora se posicionar ao lado do gol ou atrás dele, e ele consegue duas vezes no mesmo bom papel de power forward e contando com a sorte na vitória avassaladora (mais uma) do seu time por 11-1 contra Shawinigan Cataractes dia 09/12

LANCE 2 - Mais uma vez num ótimo power forward, convertendo no power play; vitória de por 6-4 contra Rouyn-Norand Huskies dia 12/12

LANCE 3 - Mais uma vez, onde ele mais gosta, se esforçando no forecheck e fazendo um grande gol.


THOMAS NOVAK - 21 Anos, 1,85m, 81kg - (University of Minnesota - NCAA)


Companheiro de Rem Pitlick, Novak está no último ano da faculdade e em sua quarta temporada no colegiado. Ele teve um bom primeiro ano, então ele caiu e parou de crescer, seus números deixam muito à desejar, deixando de pontuar a cada temporada, embora tenha melhorado um pouco na última, a atual temporada tem sido completamente apagada. No mês de Dezembro ele produziu 4 assistências em 5 jogos, e este foi o melhor que ele conseguiu nos últimos 2 anos em questão de pontos.


GOLEIROS


MIROSLAV SVOBODA - 23 Anos, 1,90m, 87kg (Altanta Gladiators - ECHL)


Confesso não ter palavras para descrever a atual situação do nosso goleiro, que tem (tinha?) unanimidade na mídia no Tennessee como futuro Backup de Juuse Saros. Frustrante? Pode ser... Preocupante? Particularmente sim. Decepcionante? Jamais pelo que ele mostrou nas poucas oportunidades. Vamos por partes. Miro é escolha de sétimo round no Draft de 2015 pelo Edmonton Oilers. Eu não sei bem como, mas parece que Edmonton se interessou pelo goleiro, e em abril do ano passado nós acabamos assinando com ele, já que estava dando sopa na FA. Grande jogada de Poile sem sombra de dúvida, havia pontencial. No ano de sua escolha, Svoboda registrou 1.51 de gols sofridos em dois jogos no WJC daquele ano. Desde então ele obteve 3.05, 1,60, e 2.10 gols por jogo nas temporadas subsequentes pela liga juniors da República Tcheca. Mudanças em Milwaukee, esperança e especulação de que ele faria parte da equipe, mas não foi bem assim. Karl Taylor (novo treinador do Milwaukee Admirals) lamentavelmente optou por Tom McCollum de 30 anos, que embora tenha números parecidos ao de Troy Grosenick, comete falhas grotescas. Ter Svoboda na AHL para seu crescimento seria fundamental. Pois bem, para ter tempo de gelo, foi emprestado para o Atlanta Gladiators (ECHL), iniciou como backup de Sean Bonar, grande ídolo por sinal, e foi ganhando espaço até conquistar a titularidade em determinado momento. O sucesso ganhou repercussão e conquistou os fãs que o adotou como #MiroTheHero que virou trending topics e sensação em Altanta, não por menos, tinha defesas de tirar o fôlego. Lembrando que o Infinite Energy Center em Atlanta é a Arena com mais público, nesta temporada pela ECHL, obtendo média de 5.000 espectadores por jogo e pesquisas indicam que a equipe tem mais 3 milhões de fãs, informações tiradas do site oficial da equipe. Eu sempre acompanhei a equipe, mas ela não é uma afiliada dos Predators e sim de Boston Bruins. Nashville não possui uma equipe afiliada na ECHL desde o fim do fracasso com Norfolk Admirals. Mas nós sempre tivemos uma espécie de holding por assim dizer, ou um vinculo com a equipe, emprestando jogadores, mesmo durante o contrato com Norfolk. Esse é um ótimo trabalho de bastidor de David Poile, pois acredito que seja um lugar perfeito em sentido amplo para que alguns jogadores possam ter mais tempo de gelo. Pois bem, após a ascensão de Miro, seu contrato acabou e nada foi divulgado sobre a razão da não extensão do contrato ou sobre qualquer movimentação a seu respeito, Svoboda ficou então sem ter onde jogar, mas recentemente ele partiu para Finlândia para defender a equipe do Tappara na Liiga, e de novo enfrenta dificuldades para obter espaço, já que a equipe vem muito bem e com o ótimo goleiro como Christian Heljanko e Niklas Bäckström, que apesar dos seus 41 anos tem dado conta do recado como backup. Foi então que Svoboda foi emprestado ao LeKi que disputa a liga Mestis na própria Finlândia, uma espécie de liga de desenvolvimento. Com tudo isso, ao menos agora ele está definitivamente como starter, o problema fica em relação à Nashville. Será que eles ainda possuem interesse em Svoboda? Se sim, o óbvio seria trazê-lo para Milwaukee, mas não será feito. O pior, rumores dizem que os Preds rescindiu o seu contrato, mas isso não pude confirmar, por falta de informações oficiais, como se quisessem esconder sobre o goleiro.


TOMÁŠ VOMÁČKA - 19 Anos, 1,91m, 71kg (University of Connectcut - NCAA)


Vomáčka continua como backup de Adam Huska, goleiro de grande destaque que pertence ao New York Rangers. Ainda não encontrou seu desempenho da última temporada mas também não deixa a desejar. Vomáčka representou a seleção tcheca no World Juniors A Challenge e iniciou 3 dos 6 jogos na competição, encarou 94 tiros e permitiu 10 gols, obtendo 89,4% de defesas e 4.29 gols por jogo. Seus números não impressionam, pelo contrário, mas o goleiro ainda é muito jovem e são ossos do ofício.


NICLAS WESTERHOLM - 21 Anos, 1,93m 90kg - (SaiPa - Liiga)


Westerholm já mostrou uma evolução quanto ao seu posicionamento e movimentação, mas no mês de Dezembro ele foi emprestado para disputar a liga Mestis por Ketterä e Peliitat para ganhar tempo de gelo. Niclas ainda mostra um pouco de insegurança.


KAREL VEJMELKA - 22 Anos, 1,92m, 92kg (HC Kometa Brno - ELH/TELH)


Vejmelka continua fazendo um ótimo trabalho com Kometa, mostrando muita solidez e seguraça, capaz de ganhar jogos em uma equipe que já é muito boa. Iniciou 24 jogos nesta temporada e obtém 2.42 gols por jogo.


MILAN KLOUČEK - 20 Anos, 1,91m, 89kg (HC Dynamo Pardubice - ELH/TELH)


Milan não conseguiu manter o bom início e caiu para Czech 2 emprestado para o time do HC Prerov no início de Dezembro. O movimento refletiu em números mais consistentes, 11 jogos para 2.45 gols por jogo e 92,5% de defesas.


KONSTANTIN VOLKOV - 21 Anos, 1,91m, 96kg (Yugra Khanty-Mansiyk - VHL)


O russo escolha do draft de 2016 apareceu apenas duas vezes no último mês. É sempre muito difícil extrair qualquer informação vinda da Rússia, mas ao que me parece, pode ser algo relacionado à algum tipo de lesão.


Fontes: www.ontheforecheck.com / www.nhl.com / www.nchchockey.com / www.eliteprospects.com / www.uscho.com / www.theahl.com / www.prospect-stats.com / www.atlantagladiators.com

24 visualizações
  • Twitter ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social

Siga-nos

Torne-se um fã

© 2018 Nashville Predators Brasil