Preds Cai Em Raleigh Numa Tarde Infeliz de Pekka e dos Special Teams

Fomos à Raleigh para encerrar a road trip de 6 jogos e a tarde de domingo foi triste, erros bobos, infelicidade de Pekka Rinne que acabara sacado, mal entramos na zona ofensiva e as duas unidades de Special Teams não funcionaram sofrendo 2 PPG e 1 SHG. Forsberg anotou duas vezes mas não foi o bastante. Com um saldo de (3-1-2), 8 pontos em 12 possíveis, acredito que voltamos bem para casa embora algumas infelicidades.

Tarde para Pekka Rinne esquecer, sacado ao sofrer o quinto gol, dando lugar à Juuse Saros (Foto: Gregg Forwerck/via Getty Images)

Nashville Predators 3 - 6 Carolina Hurricanes (13/01)

Gols:

🚨 Sissons (10) ➡️ Josi (26) Ellis (170

🚨 Forsberg (17) ➡️ Josi (27) Bonino (11)

🚨 Forsberg (18) ➡️ Johansen (32) Arvidsson (7)


Pouco mais de um minuto e Pekka já fez duas grandes defesas e Hamilton foi chamado por hooking, 1 minuto de power play e não fizemos nada, pelo contrário Craig Smith foi pra jaula por slashing e deixou o jogo 4-on-4. Voltamos ao full strenght, 6 minutos jogados e não entramos na zona ofensiva, apenas um tiro até a primeira parada, enquanto Rinne já defendeu 7 vezes. Watson e Ferland tiraram as luvas e nosso enforcer levou a pior nessa ao mesmo tempo que Svechnikov ia pra caixa por conduta anti-esportiva ao tirar seu capacete, mais um power play ridículo sem nenhum disparo. Pouco menos de 5 minutos para o fim do período, infelicidade de Roma Josi se chocando com o jogador que saia do banco na troca de linha deixou Sebastian Aho no breakaway anotando o primeiro gol. Pouco depois bom passe de Justin Faulk para Maenalanen ampliar. O período apagado dos Preds, acabou com 12-6 Canes shoots.


Logo no início os Canes colocam muitos homens no gelo, e vamos à mais um power play e mais uma vez nada vezes nada, e novamente voltamos ao 4-on-4 por Arvidsson com tripping e nessa situação, Roman josi faz grande transição e um belo passe para Colton Sissons diminuir, o problema é que os Hurricanes responderam 0:20 segundos depois novamente com Sebastian Aho, dessa vez livre no círculo de faceoff, 3-1 Canes. Martinook vai para caixa por hooking, nem preciso dizer que foi ridículo não é? Cinco minutos após sofrermos o terceiro, Wallmark fez boa transição e atirou numa falha de Pekka, anotando o quarto dos donos da casa. Primeira parada e Ryan Ellis comete interferência, os Canes rodaram o disco até um disparo e disco ficar rebatendo na frente de Rinne e entrar. Imediatamente Pekka deu lugar à Juuse Saros. Trinta minutos de jogo e demos 8 tiros apenas, assim fica difícil, além disso, as penalidades bobas, como a de Ryan Hartman e um hi stick mandando o adversário para o vestiário e recebendo um double minor, nos defendíamos bem até que Roman Josi dá um passe açucarado para Filip Forsberg apenas empurrar para as redes diminuindo, agora 5-2 Hurricanes. Resolvemos jogar um pouco nos últimos 8 minutos, mas se encerrou com 12-7 Canes shoots.


Cinco minutos de jogo e nada mudou, os Hurricanes são os donos do jogo. Metade do período e o jogo perdeu toda emoção, e nós continuamos apagados, tentamos apenas 3 vezes contra Mrazek. Pouco menos de 6 minutos, JOFA line sempre JOFA, e terminou com um golaço de Filip Forsberg passando o puck entre as pernas e empurrando pro gol, agora, 3-5 Canes. Logo depois, Victor Rask é chamado por hooking, foi então que eu me revoltei ao ver Juuse Saros indo pro banco com 3:30 por jogar, e já sabemos que esse movimento não funciona com os Predators, não deu outra, gol shorthanded empty net de Carolina e hat-trick para Sebastian Aho.


GAMESTATS SOG - NSH 23, CAR 34 BLKS - NSH 10, CAR 14 FOW - NSH 40, CAR 16 HITS - NSH 15, CAR 16 PP - NSH 0/5, CAR 2/5 3 STARS ⭐ Aho ⭐⭐ Ferland ⭐⭐⭐ de Haan Então... eu pergunto, cadê o Forsberg? ... Calvin de Haan? ... Ah! Faça-me o favor, né...


Peter Laviolette: "Nós fomos superados. O Ryan Johansen foi muito bem, mas fomos superados. Eles eram mais rápidos, queriam mais e executavam melhor ... Sabíamos no que estávamos nos metendo e não respondemos muito bem".


Filip Forsberg: "Sua ética de trabalho e seu esforço é grande", disse Forsberg sobre os Hurricanes. "Eles são, provavelmente, a equipe que mais trabalha na Liga, e se nós aparecermos como fizemos no primeiro e no segundo, não vai dar certo. Conseguimos o que merecemos."

"Fizemos algumas coisas boas, mas no total, o esforço de todos não estava lá. Sabíamos o que estávamos enfrentando e simplesmente não aparecemos."

"Tem sido uma viagem difícil", disse Forsberg. "Um monte de Arenas difíceis para jogar, mas, ao mesmo tempo, estou mais frustrado com a falta de esforço hoje. Mas, no geral, é uma viagem decente."


Highlights:

Finalmente voltamos para casa e na terça-feira, 15/01, recebemos o Washington Capitals às 23:00 (horário de verão) na Bridgestone Arena.

6 visualizações
  • Twitter ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social

Siga-nos

Torne-se um fã

© 2018 Nashville Predators Brasil