A Oscilação é a Falta de Poder de Fogo dos Predators

Duas vitória contra Dallas (fora de casa) e Los Angeles e um a derrota dolorosa para Colorado. Em busca de nos recuperar da derrota por 5-1 para os Golden Knights em Vegas, fomos ao texas desempatar a série que estava em 2-2 na temporada, conseguimos uma grande vitória. Contra os Kings em Nashville, tivemos muita dificuldades mas conseguimos conquistar os dois pontos fundamentais, a frustração ficou por conta do shutout de 5-0 sofrido para Colorado Avalanche em um jogo em que tivemos muito esforço e pouco poder de fogo.


Nashville Predatos 5 - 3 Dallas Stars - Dallas, terça-feira (19/02/2019)

Gols:

● Boyle (15)→Josi (36) Järnkrok (13)

● Grimaldi (5)→Hartman (10) Ellis (24)

● Forsberg (21)→Ellis (25)

● Josi (12)→Turris (13) Ellis (26)

● Josi ENG (13)


Vínhamos de uma derrota apática para Vegas Golden Knights e era hora de responder imediatamente e foi isso que nossos rapazes fizeram. Um bom e movimentado primeiro período em que os goleiros trabalharam bem, mas Brian Boyle mostra muita presença de gelo e disposição para anotar o primeiro gol da noite. Nós mostramos muita atitude e agressividade desde o início, no entanto no segundo período as equipes combinaram 5 gols, com Rocco Grimaldi fazendo bonito mais uma vez em breakaway e sendo fatal e Filip Forsberg anotando para os Preds enquanto Jason Spezza, Esa Lindell em power play e Tyler Seguin anotaram para os donos da casa. Entrando no terceiro com o jogo em 3-3, Roman Josi anotou duas vezes para nos dar a vitória. Neste jogo Ryan Ellis obteve 3 assistências e chegou ao quinto jogo com três pontos na carreira.


Brian Boyle desde que passou a atuar pela ala, só tem melhorado e agregando cada vez mais ao time, ganhando o torcedor e o chefe: "Ele tem sido fantástico", disse o treinador da Preds, Peter Laviolette, sobre Boyle. "Ele só faz muito pela equipe. É o que ele diz na sala, sua liderança, seu tamanho, sua presença, sua fisicalidade e o fato de poder marcar gols, é uma boa adição para o nosso grupo."


Roman Josi também estava com a derrota de Vegas engasgada: "Acabamos de ter mais velocidade, mais atitude e trabalhamos mais", disse Josi. "Não estávamos felizes com a maneira como tocamos em Vegas, e tivemos dois dias aqui para praticar. Sabíamos que tínhamos que jogar muito melhor para ter sucesso, e fizemos isso hoje à noite.


Los Angeles Kings 1 - 2 Nashville Predators - Nashville, quinta-feira (21/02/2019)

Gols:

● Turris PPG (7)→Forsberg (18) Josi (37)

● Josi (14)→Arvidsson (9) Ellis (27)


Kyle Turris tinha uma nova cara em sua linha com Viktor Arvidsson pulando em sua ala, enquanto Kevin Fiala subiu com Filip Forsberg e Ryan Johansen. Laviolette afirmou no pós jogo que a mudança permitiu que ele visse algumas combinações que ainda não tinham sido testadas e, em particular, Turris viu os benefícios. Após a grande exibição contra Dallas, os Preds estavam dispostos a manter o bom trabalho e a consistência diante dos Kings, mas eles também esperavam um desafio difícil e foi exatamente isso que aconteceu. Pekka Rinne e Jonathan Quick foram os destaques da partida, nos primeiros 20 minutos, o goleiro finlandês com mais vitórias na Liga, Pekka Rinne, saiu sem ser vazado e fez as defesas mais difíceis enquanto Kyle Turris aproveita a vantagem em power play abrindo o placar. o jogo seguiu com a mesma intensidade no segundo e com os goleiros trabalhando, mas Roman Josi conseguiu mais uma vez vencer o goleiro dos Kings ampliando para 2 a vantagem para o terceiro período. Um descuido na metade do período final e Amadio colocou emoção no jogo até o soar da sirene na Bridgestone Arena, o jogo terminou mesmo com placar em 2-1 para os Preds; ao fim Pekka nos garantiu os dois pontos.


Com esta vitória, no geral, os Preds só perderam uma vez em regulamento para os Kings em seus último 17 confrontos, sendo (10-1-6).


Peter Laviolette: "Conseguir o primeiro gol foi bom. Nós jogamos dois períodos muito fortes. As chances eram onde queríamos que eles estivessem. Tivemos uma boa aparência, e o jogo foi apenas apertado. Seu goleiro jogou bem. Eles são um bom time defensivo, eles tem boas estruturas, e nós apenas ficamos com elas."


Colorado Avalanche 5 - 0 Nashville Predators - Nashville, sábado (23/02/2019)

Rocco Grimaldi foi um dos nossos melhores jogadores na partida e continua muito consistente. (Foto: John Russell/via Getty Images)

Nós tentamos muito, paramos em Grubauer que fez 38 defesas e o resultado não diz o que foi o jogo. Tivemos um bom esforço no geral mas nos esbarramos na boa defesa de Colorado, que soube aproveitar muito bem as chances que teve. Apesar de apenas 5 tiros nos primeiros 20 mintuos, a equipe das montanhas abriu o placar com MacKinnon. No segundo período os Avs tentaram mais vezes e converteram duas, com Alexander Kerfoot aproveitando um power play, e Gabriel Landeskog pouco mais de 3 minutos depois. O terceiro período era ataque contra defesa com Grubauer fazendo 18 defesas no período, mas foi em mais uma vantagem numérica que MacKinnon anotaria seu segundo gol na noite e Nikita Zadorov daria números finais ao jogo.


Apesar de todo esforço não foi o suficiente para bater o goleiro visitante e eles tiveram paciência defensiva e inteligência ofensiva para nos vencer por shutout.


Peter Laviolette: "Não tenho problemas com a forma como trabalhamos hoje; tenho um problema com o resultado. Quando você volta, há algumas coisas que aconteceram defensivamente onde tentamos melhorar. No final do dia, eles aproveitaram as chances que tiveram."


Roman Josi: "Eu não achei que fosse um jogo 5-0, eu realmente pensei que jogamos muito bem. Sentimos que tínhamos muitas chances mas eles aproveitaram todas as chances."

Mais um jogo em que ficou nítido a falta de poder de fogo dos Predators nas linhas inferiores à JOFA line. Apesar de termos trabalhado bem nas 4 linhas ao longo da partida, nós sentimos a ausência de um jogador que pudesse converter em gol todo esforço, além de Filip Forsberg e Viktor Arvidsson. Nossa primeira linha, foi muito bem anulada pela defesa de Colorado e as outras linhas não teve eficiência para capitalizar.


Os Preds partem agora para um back-to-back onde na segunda-feira (25/02) recebe o Edmonton Oilers e na terça viajam até St. Louis no Missouri para enfrentar os Blues na terça-feira (26/02) e voltam ao gelo na sexta-feira (01/03) para enfrentar os Jets em Winnipeg e encerram essa pequena road trip no domingo (03/03) contra os Wild em Minnesota.

13 visualizações
  • Twitter ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social

Siga-nos

Torne-se um fã

© 2018 Nashville Predators Brasil