Austin Watson Suspenso Por 27 Jogos

Atualizado: 14 de Set de 2018




Na última sexta-feira dia 07/09, Austin Watson compareceu à audiência em New York com o comissário da NHL, Gary Bettman e após investigação feita pela liga, o mandatário determinou a suspensão do nosso Watty por toda pré-temporada e os primeiros 27 jogos da temporada regular sem remuneração.


Gary Bettman: "Eu determinei que o jogador de Nashville Austin Watson se envolveu em um confronto físico com seu parceiro. A decisão de hoje, embora adaptada aos fatos específicos deste caso e aos indivíduos envolvidos, é necessária e consistente com a opinião da NHL de que ela não pode e não vai tolerar esse tipo de conduta e similares."


No Artigo 18-A das regras CBA do acordo coletivo, o comissário tem autoridade para impor disciplina para “conduta que seja prejudicial ou contra o bem-estar da Liga ou do jogo de hóquei”. O curioso é, que a liga não tem um histórico de se envolver em casos lembrando o caso mais recente, onde Slava Voynov, onde ele chegou a chutar sua namorada já caída no chão, decidiu por si só voltar para sua terra natal.


David Poile: "Apoiamos a decisão da NHL de suspender o Austin Watson. Estamos trabalhando com a situação e nosso foco está na temporada 2018-19... Isso é uma família e as coisas acontecem com todas as nossas famílias que não são exatamente perfeitas ... Nossos pensamentos foram apenas para tratar isso como família e nós conversamos muito com Austin ... e vamos continuar a fazer isso."


Roman Josi: "Como equipe, não toleramos a violência doméstica. Continuamos a apoiar AMEND ... e respeitar a decisão da Liga sobre o assunto ... Como jogadores, queremos apoiar Austin, Jenn (namorada de Watson) e seu bebê."


Presidente Sean Henry: "Nós não queremos nos afastar da pessoa ou do problema. Vamos avançar com isso e não há dúvida de que seremos uma equipe melhor para isso".


Isso ainda dará muito o que falar, já que participamos ativamente na luta contra esse tipo de violência, Predators fizeram uma generosa doação para AMEND Nashville em janeiro de 2017. Eles prometeram um esforço abrangente para “educar os jovens” sobre a violência doméstica. Nas palavras de Poile: "... fazer de Nashville a cidade mais segura da América para mulheres e meninas".


Vendo a movimentação do público feminino tanto aqui no Brasil quanto nos Estados Unidos, temos uma maioria delas exigindo que o jogador seja cortado, pressionando e as mais radicais em abandonar a franquia, já por outro lado, ouvi muitas dizendo que ele teria que apenas pegar uma suspensão, pois ele é fundamental para nós e de fato é.


Eu acho que me tornei mais flexível diante esse período de turbulência para nosso enforcer, mesmo eu que repudio essa atitude, acho que acabar com a carreira do jogador é ser tão radical quanto àquelas que querem abandonar a franquia caso Watty não seja cortado. A verdade é que a franquia tinha remota esperança que essa decisão fosse tomada por parte da liga para não ter que se envolver, mas com base no histórico recente eles deveriam saber, é até de certa forma uma surpresa a suspensão de Watson. Acredito que suspender o jogador seja a punição adequada, talvez acho que ele poderia ter sido suspenso por um pouco mais de tempo, mas ainda fica em aberto tendo que o jogador pode ter pena reduzida a partir da NHLPA.


Fonte: nhl.com

16 visualizações
  • Twitter ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social

Siga-nos

Torne-se um fã

© 2018 Nashville Predators Brasil