top of page

O INÍCIO DE UMA EMPOLGANTE NOVA ERA

Atualizado: 16 de mai.

Vamos começar pelos bastidores. Antes mesmo da temporada 2023/24 começar David Poile anunciou a saída do gargo de GM dos #Preds após de 25 anos dirigindo o time deixando o posto de General Manager para Barry Trotz, campeão com Washington Capitals e ex-treinador dos Preds, que foi nosso primeiro Head Coach e comandou a equipe por 15 temporadas, então ele já esta mais que habituado com #Nashville e é decidido no que quer e não desvia o caminho a ser traçado, vai até o fim.


David Poile em sua última entrevista como GM dos Preds disse: "Quando anunciamos Barry como nosso novo GM no final de fevereiro 2023, começamos a trabalhar juntos na reestruturação de nossa equipe. Era um momento de criar mais oportunidades para jogadores mais jovens. E também foi uma ótima maneira de criar algum espaço de cap space e flexibilidade" Nosso cap space atualmente é de $6,209M.


Após uma campanha vergonhosa de John Hynes, foi demitido imediatamente como nosso treinador, essa foi a primeira medida tomada por Trotz e para seu lugar contratou Andrew Brunette, que foi treinador interino do Florida Panthers na temporada 2021/22 e conseguiu em 75 jogos um recorde de 51-18-6. E. Apesar de pouca experiência como treinador principal, ele fez os Panthers jogarem um hockey muito dígno. Trotz que já conhecia bem o trabalho de Brunette, e sabia o que ele tinha em mente e que sempre se mostrava imponente no que queria e como jogava, a maneira como ele se comunica com os jogadores e seus ideais. Brunette mesmo com o time totalmente desestruturado, ele pregou seu trabalho com o que lhe foi dado e foi crescendo e criando algo muito bom.


"Sinto que somos uma equipe em transição e que vamos construir e tentar melhorar todos os dias" disse Trotz. "Queremos ganhar uma Stanley Cup aqui. Tenho uma responsabilidade enorme para com Nashville, é minha casa, estou muito conectado com a cidade, com os Nashville #Predators como organização e a comunidade. Estou investido, então, eu não quero fracasso. Essa é a última coisa que quero, e sinto que temos o DNA para fazer dar certo e temos na organização as pessoas certas para fazerem isso muito bem. Nem sempre será uma linha reta porque somos todos humanos e a vida nem sempre é perfeita. Mas isso é um começo ainda e não o fim, e é algo que continuaremos a construir aqui nos próximos anos. David Poile é um mentor tão bom que acho que entre nós teríamos uma nova era em Nashville."


Trotz e Brunette acertaram em cheio na Free Agency, trazendo jogadores como, Ryan O'Reilly e Gustav Nyquist para reforçar, e liderar um grupo de jogadores jovens como Luke Evangelista, Philip Tomasino, Egor Afanasyev e Juuso Pärssinen, que buscam mostrar que estão prontos para um trabalho em tempo integral nível NHL.


Foi incrível e imediata a química na primeira linha, Forsberg, O'Reilly e Nyquist pareciam que jogavam juntos ha tempos. Forsberg com uma média de mais de um ponto por partida disse que ficou fácil jogar ao lado de jogadores tão versáteis, que contruibuiram muito para seu jogo. Forsberg registrou 48G 46A 94P, O'Reilly 26G 43A 69P, Nyquist 23G 52A 75P, juntos somaram 97G 167A e 238P, foi realmente impressionante o desempenho de nossa primeira linha.



O INÍCIO DE UMA NOVA ERA. (Foto getty images)

Era tudo novo em nossa franquia então demandaria tempo para adaptações. Andrew Brunette e Barry Trotz tinham juntos tem uma visão e uma ideia de como queria que jogássemos. Eles se mostraram muito confiantes que chegaríamos lá. Brunette pegou um time apático, que não sabia por onde iria e nem pra onde vinha, era claro que iríamos passar por altos e baixos como o que sentimos na primeira metade da temporada mas Brunette conseguiu com muita confiança em treinar um time que estava aos frangalhos e transformar em um trabalho absurdo dadas as devidas circunstâncias, estava decidido de como as coisas deveriam acontecer. Foi tudo muito repentino a evolução da equipe, que Brunette foi indicado como finalista do prêmio Jack Adams, concedido ao treinador que mais contribuiu para a equipe durante a temporada, ele se tornaria o primeiro treinador de nossa franquia a receber esse reconhecimento. Roman Josi é outro indicado como finalista mais uma vez ao premio James Norris, que premia o melhor defensor da temporada.


Brunette disse: "Tenho uma forte crença no que achei que funcIonaria, e iria até o fim. Eu tive muita sorte, eu arriscaria tudo, porque acreditava no que deveria ser feito. E também tive muita sorte que o grupo permaneceu juntos, ficaram mais unidos e teve uma segunda metade do ano maravilhosa, chegando a engatar 18 jogos seguidos pontuando. Quando você está começando uma nova jornada, você vai passar por várias coisas. Vamos revisar as coisas novamente para o próximo ano. Nem sempre será perfeito, mas acho que entendemos o que precisa ser feito e quando você passa por momentos críticos, quando há alguma adversidade e quando ficou difícil, senti que o grupo se uniu ainda mais, então me sinto bem com isso. Essa é provavelmente a coisa de maior orgulho que tenho deste ano.”


Considerando a temporada em si, dava muito prazer em ver como o time se comportava dentro do rinque, e todos adquiriam uma confiança enorme no trabalho do Brunette e Trotz, que tem muita bagagem como treinador então é sem dúvida um trabalho mais que compartilhado. Brunette entrou no ano sem saber exatamente como as coisas iriam acontecer, mas ele tinha um plano e sabia que iria cumpri-lo, não importa o que acontecesse.


Ryan McDonagh disse: “Não começamos da maneira que queríamos e poderíamos simplesmente ter caído e deixado a temporada para traz mas nos firmamos e crentes de tudo como começou com ele elaborando um plano de jogo e como obter melhores resultados no gelo e construiu um caráter para cuidarmos uns aos outros e dos pequenos sacrifícios que você tem que fazer nos jogos, e os resultados vêm disso."


Mesmo em meio todas adversidades, Brunette foi teimoso do início ao fim, pois ele não abriria mão do que acredita e tem muita confiança em seu trabalho. Não deve ser fácil entrar em uma equipe que passavas por muitas mudanças e começar tudo do zero em todos aspectos de todos os lados, independete como as coisas acontecerem todos desempenharam um ótimo trabalho. Adorei a atitude dele durante todo o ano acreditando em nosso grupo. E é isso que você quer, um treinador que acredite em você.


Nossos pilares para a próxima temporada, Roman Josi irá completar 34 anos e Filip Forsberg 30 anos e também vale o mesmo para Nyquist e McDonagh que farão 35 anos, e O'Reilly acabou de completar 33 anos. A chegada de Trotz parecia indicar uma estratégia de ficar mais jovem, atraindo prospectos promissores para papéis mais proeminentes na equipe e tambem aqueles que estavam em Milwaukee com os Admirals que fizeram uma campanha irredutível na temporada regular disparadamente, mas não foi isso que vimos, eles optaram pela experiência. Karl Taylor treinador dos Admirals não tem a atenção que merece, mas desde que ele chegou, vem fazendo temporada após temporada um trabalho incrível com nossos novos jogadores. Veja o quanto evoluiu Zachary L'Heureux este ano, considerado um jogador limitado, mas não foi o que vimos nas mãos de Taylor, ele fez com que Zach crescesse muito, ele foi o segundo pontuador da equipe, o mesmo vale para Egor Afanasyev que liderou a equipe em pontos, então é preciso pensar que eventualmente, que Trotz e Brunette terão que confiar mais nos jogadores mais jovens no sistema ou, se não puderem, irem ao mercado em busca de outros.


Temos uma questão que merece muita atenção é com nossos goleiros. Juuse Saros está em seu último ano de contrato e isso pode contar muito em nosso cap hit. Também tem Yaroslav Askarov, considerado pela maioria dos especialistas como um dos três melhores goleiros de hocley, esperando para entrar na liga. Askarov é muito críticado por ser um goleiro muito agressivo, mas ele não se entrega facilmente, tomando atitudes como a de largar o stick para executar uma defesa se preciso, e defende, e mesmo com atitudes como estas que o torna um goleiro de Elite futuramente. Askarov deverá ser chamado à NHL para ter Saros como seu mentor.


Outra coisa que vale ressaltar e com louvor é a nossa quarta linha, Andrew Brunette fez com que Kiefer Sherwood, Michael McCarron e Cole Smith construíssem um trabalho bem honesto na temporada dentro de suas limitações. Além de terem um grando jogo físico, eles também foram muito bem na zona defensiva.


Nossa temporada foi realmente muito empolgante por termos criado uma identidade genuína. Nós fomos dígnos de um hockey muito bem trabalhado, equilibrado e sólido. Então a temporada não foi por água abaixo ao perder para os Canucks nos Playoffs. Foi um trabalho bem muito elaborado que ha muitos não viamos, desde 2018 quando levamos o Presidents Trophy, foi muito excitante para os fãs que viam que estávamos no caminho certo, trouxeram de volta toda atmosfera fantástica do Smashville Style. Eles foram absolutamente maravilhosos este ano lotando a Bridgestone Arena, e é enorme a expectativa para podermos construir algo muito especial, Barry Trotz e Andrew Brunette conquistaram tudo isso em apenas um ano.



15 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page