Nashville Predators No NHL Draft 2019

Na última sexta-feira, 21/06, teve início o NHL Draft 2019 em Vancouver e os Predators fizeram 8 escolhas no total. Vamos conhecer os garotos.


Philip Tomasino, 17 anos, central - Niagara IceDogs (OHL)

A primeira escolha veio na pick 24 com Philip Tomasino de 17 anos do Niagara IceDogs (OHL). Excelente escolha sem dúvida. A projeção era que ele fosse por volta da pick 18, mas torcia e acreditava que poderia acontecer, e aconteceu. Entre as possibilidades, era o nome que mais me agradava, talvez pelo fato de tê-lo acompanhado de perto na última temporada, já que o jogador atua na mesma equipe de Jacob Paquette. Quando os Predators estavam no relógio, as opções eram, de certa forma, uma surpresa, já que além de Tomasino, havia ainda Ryan Suzuki, Arthur Kaliyev e Jakob Pelletier, mas eu vejo Tomasino a frente desses, inclusive do Suzuki. O central de 1,83m de altura é muito versátil, carregador de puck, criador de jogadas, raciocínio rápido e um ótimo wrist shoot. O jogador registrou 72P 34G 38A em 67 jogos com o IceDogs na última temporada. São 29 gols e 48 pontos a mais que sua temporada de novato no ano anterior, ainda mostrou ser decisivo liderando sua equipe em GWG (game winning goal) com 12. Internacionalmente, o nativo de Mississauga, Ontário, representou o Team Canadá no 2019 IIHF World U-18 Championship em abril, no qual ele registrou 5P 1G 4A em 6 jogos.


Philip Tomasino: "É surreal. Você não pode realmente descrever isso ... e é facilmente a melhor noite da minha vida. Ser selecionado por Nashville, é uma organização incrível e estou ansioso pelo futuro... Eu sou tão grato por eles me darem essa oportunidade."


"Ele é um jogador realmente dinâmico", disse Tom Nolan, olheiro chefe dos Predators. "Ele ataca, joga com velocidade e tem instintos realmente bons com e sem o puck. Ele é um Top 6. Ele tem uma grande personalidade e vai se encaixar bem com o passar do tempo."


"Ele joga da maneira que queremos jogar - rápido e habilidoso", disse o olheiro norte-americano Ryan Rezmierski. "Ele é um atacante realmente versátil porque pode jogar no centro ou na ala. Gostamos muito de seu motor e seu alto QI de hóquei. Sua velocidade é muito boa. Ele ainda é jovem e tem tempo para amadurecer em qualquer posição."


Egor Afansyev, 18 anos, winger - Muskegon Lumberjacks (USHL)

A segunda rodada pick 45 foi para Egor Afanasyev, winger de 18 anos e 1,93m de altura que jogou a última temporada pelo Muskegon Lumberjacks (USHL), registrando 62P 27G 35A em 58 jogos. O jogador vai partir para OHL e jogar pelo Windsor Spitfires. , Parece que a exemplo de Tomasino, o russo caiu no colo dos Preds. O jogador estava projetado para a primeira rodada.


Egor Afanasyev: "Estou animado com certeza, e mal posso esperar para começar as coisas com Nashville. Ouvi dizer que é uma grande equipe, e ouvi muitos jogadores da NHL dizerem que é difícil jogar contra eles porque os torcedores ficam enlouquecidos na Bridgestone Arena. Deve ser divertido".


"Ele é um atacante grande, forte e habilidoso", disse o scout norte-americano, David Westby. "Ele pode proteger bem o disco e é forte na borda do gelo e nos cantos. Eu diria que ele é mais um atirador do que um criador, mas ele é duro de jogar. Acho que ele é um Top 6 e com seu tempo no juniores será um jogador produtivo ao nível da NHL."


Alexander Campbell, 18 anos, central - Victoria Grizzlies (BCHL)

A terceira roda pick 65 reservou o canadense Alexander Campbell. O central de 18 anos e 1,80m de altura já tem estrada no colegiado canadense. Em 2015 atuando pelo Collège Ste. Anne M15 Majeur (LHPS M15 Majeur) registrou 101P 51G 50A em 30 jogos, 75 pontos na temporada seguinte e 74 pontos posteriormente com a equipe do Stanstread College (CAHS). Na última temporada atuou pelo Victoria Grizzlies (BCHL) e terminou com 67P 21G 46A em 53 jogos.


Alexander Campbell: "É uma grande honra e estou super empolgado. É um time que eu adoro assistir, definitivamente. Eles têm uma organização incrível, um grande grupo de atacantes, defensores e goleiros ... Estar sentado aqui com uma jersey dos Predators, nem parece real para mim."