Cem Por Cento Na Semana e o Melhor Início Ofensivo da História



(Foto: John Russell)


Anaheim Ducks 1 - 6 Nashville Predators - 22/10


Antes mesmo do jogo começar, o início de temporada já marca o melhor desempenho ofensivo da história dos Predators, havia até então 32 gols em 8 jogos, agora são 38 gols em 9 jogos, uma marca relevante que só mostra o quanto melhoramos ofensivamente em relação aos dois últimos anos com a chegada de novos treinadores assistentes, principalmente Dan Lambert, especialista em power play que fez nossos garotos converterem mais um nesta noite. Na metade do período Roman Josi anotou em um 5-on-3. Cinco minutos depois Colton Sissons saía da jaula, pegou um breakaway e não desperdiçou, belo gol. Pekka Rinne fazia defesas maravilhosas e passava muita confiança para continuarmos no mesmo ritmo. Com 35 segundos no período do meio, Rocco Grimaldi anota o seu primeiro na temporada fazendo um tip mortal. Logo depois Pekka teve mais trabalho ao defender um penalty shot de Troy Terry. Enquanto os Ducks estavam em PP, Rinne fez mais outra defesa brilhante e no lance seguinte Ekholm recupera o puck na zona neutra e converte em shorthanded que tanto amo. Mais um turnover na combinação Dan Hamhuis e Yannick Weber para gol de honra de Getzlaf. Trinta segundos depois excelente forecheck que Viktor Arvidsson ampliou. O próprio Arvidsson faria o gol derradeiro, 6-1 na Bridgestone Arena. Vitória incontestável nas três zonas do gelo, parece que temos momentos lúcidos defensivamente, e esse jogo provou isso.


Minnesota Wild 0 - 4 Nashville Predators - 24/10


Um minuto e Foligno acerta a trave mostrava o que viria pela frente nos primeiros 20 minutos. Minnesota era melhor, nós pouco criamos neste período e Pekka também teve que se virar mas suportamos bem e a primeira etapa passou zerada. Trinta e sete segundos foi o que precisou Miikka Salomäki para abrir o placar num belo tiro. Equilibramos as ações ofensivas mesmo que ainda não pelo que estamos acostumados, mas o suficiente para Calle Järnkrok ampliar. O terceiro não foi melhor nem pior, mas como tem sido de costume, estamos convertendo mesmo quando não fazemos uma boa apresentação. Craig Smith fez seu primeiro gol na temporada ao receber um passe praticamente dentro da crease. Power play para Minnesota e mais um shorthanded goal, dessa vez Colton Sissons e shut out para Pekka Rinne. Nota ruim Matt Duchene se machucou. Agora são duas grandes ausências na mesma linha, já que Forsberg estava fora ha alguns jogos.


Nashville Predators 3 - 2 Tampa Bay Lightning (OT) - 26/10


O jogo começou com muita disputa pelo puck. Metade do período e não me recordo de termos cometido um turnover, isso é incrível. Tínhamos mais ações ofensivas, os Bolts se comportavam bem defensivamente, tanto que as defesas mais difíceis foram de Juuse Saros. Segunda oportunidade de power play, dessa vez houve trabalho bem feito e Järnkork aproveitou para inaugurar o placar. Não foi o nosso melhor mas o suficiente para encerrar os primeiros 20 minutos na frente. No início do segundo período, Bolts no power play que não levou 5 segundos para converter e empatar a partida. Metade do período Matt Irwin parecia sem coordenação motora e Johnson só empurrou para as redes. Realmente era difícil fugir do bom jogo defensivo de Tampa e Saros se virava com excelentes defesas, não tinha ajuda à sua frente e o time da Florida começou a pressionar, mas o segundo ficou assim. No terceiro período te sido o nosso melho e éramos melhor, tínhamos alguma intensidade e descendo da metade do período em mais uma vantagem numérica Roman Josi acerta um belo one-timer da blue line e o período terminou empatado para o overtime. Com 1 minuto e 10 segundos Tampa coloca muitos homens no gelo dando oportunidade de 4-on-3 para os Preds que nada fez, porém não demorou muito para Ellis marcar o gol vencedor.


A notícia pela manhã era de que Matt Duchene e Filip Forsberg treinaram, no entanto não foram para o jogo e fizeram falta, esses movimentos que os Preds fazem com relação as lesões me intrigam, muito suspense, ou pouca informação. Também tenho que dar o braço a torcer e reconhecer que Järnkrok tem feito bons jogos dentro das suas limitações e ao lado de Joey fizeram um bom trabalho hoje mais uma vez. Roman Josi está impiedoso em todos aspetos, Ryan Ellis depois de um fim de temporada ruim, também tem início avassalador.


A gringa em Nashville criticando muito Juuse Saros e exigindo que ele vá para Milwaukee pelo fato dele ter sofrido 16 gols em 4 jogos, embora ele cometa erros o que é normal, acho exagero, muitos dos gols sofridos foram em jogos nos quais não fomos bem, e ele não teve apoio, erros defensivos, turnovers na zona defensiva, um terceiro par completamente nulo como foi mais uma vez hoje e o time à sua frente não tem cooperado devidamente. Se não fosse por Saros, nem o overtime teríamos conseguido.

9 visualizações
  • Twitter ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social

Siga-nos

Torne-se um fã

© 2018 Nashville Predators Brasil