AS MUDANÇAS QUE DERAM AOS ADMIRALS UMA CAMPANHA HISTÓRICA

Vamos falar sobre nossa filial, o Milwaukee Admirals, que merece muito destaque. A campanha que fizeram até a pausa é a melhor da história, as mudanças de todo front office surtiram efeito surpreendente, tudo em prol do Nashville Predators.



Precisamos partir do início das mudanças que David Poile impôs na filial. Com os fracassos sucessivos ano após ano, Poile começou a mudar drasticamente a condução dos Ads, visando principalmente o desenvolvimento dos jovens, visto que nosso GM sempre fez questão de dizer que "o caminho para Nashville passa por Milwaukee", mas isso não vinha acontecendo. Sem alongar, antes Milwaukee era uma espécie de "asilo", até uma piada, por assim dizer, já que os jogadores veteranos dos Preds sempre eram enviados para Milwaukee, como por exemplo, Harry Zolnierczyk, Bobby Butler até mesmo Mike Ribeiro.


Então Scott Nichol se tornou o novo GM e Karl Taylor o novo treinador na temporada 2018/19 só para começar. Ambos trazem grande experiência com desenvolvimento de jovens.


David Poile: "Karl é altamente recomendado para nós com um conjunto diversificado de habilidades para treinar e desenvolver jogadores, e estamos felizes em promovê-lo para uma posição em que ele cuidará de nossos principais prospectos. Sempre dizemos que a estrada para Nashville passa por Milwaukee e estamos confiantes de que Karl continuará com esse legado."


Não para por aí, foram muitas trocas, tudo em prol de desenvolvimento dos jovens. Rob Scuderi foi contratado como novo treinador de desenvolvimento de defensores, Sebastien Bordeleau como treinador de desenvolvimento de atacantes e Dave Rook como treinador de desenvolvimento de goleiros. Nossos prospectos terão mais cobertura e mais informações sobre o jogo, estarão sendo observados bem mais de perto. Terão acompanhamento nutricional, social e tudo envolvendo um desenvolvimento completo de um atleta da NHL.


A primeira temporada, não foi boa, tantas mudanças exigem adaptação. Mas as coisas nessa temporada aconteceram de forma incrível. Tolvanen evoluiu em todos aspectos possíveis, nas três zonas do gelo, defensivamente, movimentação, entre muitas outras, citando apenas um jogador.


Mas o que impressiona, foi a campanha da equipe, o hockey praticado, envolvente e equilibrado. Tanto a temporada regular quanto a Calder Cup foram canceladas por meio de votação e tornou a classificação até o dia 12/03 oficial, e os Admirals estavam simplesmente no topo geral da liga com 90 pontos, 49 vitórias com um aproveitamento de 71,4%. Esses números registram os melhores da história dos Ads. Com tudo, os Admirals ficaram com Macgregor Kilpatrick Trophy, concedido ao campeão da temporada regular como o Presidents Trophy, e o título da Divisão Central.


E o que poderia ser mais justo que Karl Taylor ser nomeado o melhor treinador da temporada, recebendo o prêmio Louis A.R. Pieri Memorial Award.


Karl Taylor falou a respeito: "Com a temporada terminando do jeito que aconteceu, é um reflexo incrível da nossa equipe e, pessoalmente, é muito humilhante ganhar o prêmio. Mas é um prêmio de equipe, você não ganha este prêmio de treinador do ano, a menos que seu time tenha tido a temporada que tivemos, por isso é um reflexo real da dedicação dos jogadores e o esforço que eles fazem. Estou muito orgulhoso disso, porque não tivemos a chance de atacar nos playoffs; portanto, da minha perspectiva, era apenas algo para mostrar que tivemos uma ótima temporada como equipe ".


Todas as mudanças no front office em Milwaukee deram resultados acima das expectativas em tempo extremamente rápido. Não digo apenas pela campanha histórica, mas por todo trabalho desenvolvido com os jovens, com todos mostraram evolução.


Outro ponto a se lembrar é que após o fracasso da parceria com Norfolk Admirals (ECHL) como filial, ainda com rejeição do pessoal de Norfolk que gostaria de ter o Chicago Blackhawks, o fracasso foi tamanho, que quando precisávamos enviar um jogador para ganhar tempo de gelo ou aprimorar alguns aspectos trabalhávamos em conjunto com Atlanta Gladiators que são afiliados do Boston Bruins. Mas então após apenas um ano nós conseguimos uma nova afiliação e dessa vez uma afiliação de susseco na ECHL fechando um acordo com o Florida Everblades.


David Poile acertou em cheio ao selar a afiliação com os Everblades: "Estamos incrivelmente entusiasmados por ter os Everblades da Flórida como uma filial de desenvolvimento", disse Poile. "Liderados pelo Presidente e GM Craig Brush, os Everblades se estabeleceram como uma das melhores franquias da ECHL e têm um histórico comprovado de desenvolvimento de jogadores. Eles têm sido um modelo de consistência em sua liga e estamos ansiosos para ver eles têm um papel ativo no sucesso dos Predadores de Nashville e do Milwaukee Admirals "


Veja um breve resumo da equipe que nasceu no mesmo ano dos Predators e esteve 20 vezes na pós-temporada em 21 anos.,conquistando três vezes a Brabham Cup (equivalente ao Presidents Trophy) pelo melhor recorde da temporada regular na ECHL, quatro títulos de Conferência, sete títulos de divisão, conquistando a Kelly Cup 2012 e perdendo outras 3 finais.

0 visualização
  • Twitter ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social

Siga-nos

Torne-se um fã

© 2018 Nashville Predators Brasil